Altos e baixos em Santo Domingo

Início    /    Tênis    /    Altos e baixos em Santo Domingo
Por Raphael Favilla  •  09 de Outubro de 2018

Primeiro brasileiro a entrar em quadra pela chave principal do challenger de Santo Domingo, Rogério Dutra Silva estreou com vitória no saibro da capital dominicana. O paulista de 34 anos e 148º do ranking marcou as parciais de 6/1 e 6/3 contra o espanhol Mario Vilella Martinez em 1h21 de partida.

A vitória de Rogerinho rende nove pontos no ranking mundial, mas essa contagem sequer entraria para a lista de 18 melhores resultados nas últimas 52 semanas. Caso chegue às quartas, o paulista receberá 20 pontos, com a necessidade de descartar dez. O melhor ranking de sua carreira foi o 63º lugar, alcançado em julho do ano passado.

O adversário de Rogerinho nas oitavas virá da partida entre o argentino Federico Delbonis e o convidado local Victor Estrella Burgos. O paulista perdeu os dois duelos anteriores para Delbonis, 81º do mundo, um deles na semana passada em Campinas. Já diante de Estrella Burgos, 323º do ranking, o paulista venceu duas vezes.

Outro brasileiro que estreou nesta segunda-feira foi Thomaz Bellucci. Mas não teve o mesmo sucesso que Rogerinho. Ex-número 21 e atual 255º do ranking, o paulista de 30 anos caiu diante do croata Nino Serdarusic, jovem de 21 anos e 220º do ranking, por 7/6 (7-5) e 6/4 em 1h49.

Bellucci tem na temporada uma vitória no ATP de Buenos Aires e venceu outros 16 jogos em torneios de nível challenger. O paulista de 30 anos, que já foi número 21 do mundo, aparece atualmente no 255º lugar do ranking mundial e não tem pontos a defender até o final do ano.

Depois de chegar às quartas de final em Campinas na semana passada e de atuar na capital dominicana, Bellucci não atua em torneios da semana que vem. Depois disso, o canhoto de Tietê volta ao saibro sul-americano em Lima (Peru), Guayaquil (Equador), Montevidéu (Uruguai) e Buenos Aires (Argentina).

Quem se despediu do torneio foi João Souza, o Feijão. O paulista de 30 anos e 412º do ranking perdeu por 6/4 e 6/2 para o uruguaio Martin Cuevas pela última rodada do qualificatório. Feijão venceu duas partidas no quali, contra o argentino Renzo Olivo e o italiano Riccardo Bellotti, mas não recebe pontos no ranking e nem premiação em dinheiro.

Já o cearense Thiago Monteiro, sexto favorito número 114 do mundo, deverá estrear na terça-feira conta convidado local José Hernandez Fernandez, 272º do ranking.

Publicidade