Sem moleza: Bélgica é a próxima adversária do Brasil nos playoffs da Davis

Início    /    Tênis    /    Sem moleza: Bélgica é a próxima adversária do Brasil nos playoffs da Davis
Por Raphael Favilla  •  19 de Julho de 2016

O Brasil terá um difícil desafio em seu próximo confronto pela Copa Davis  nos playoffs do Grupo Mundial. Realizado na manhã desta terça-feira pela Federação Internacional de Tênis, o sorteio definiu que a equipe brasileira jogará fora de casa contra a Bélgica, atual vice-campeã da competição, valendo vaga na elite do tênis mundial em 2017.

“Confronto muito duro, devemos jogar em carpete indoor. Goffin vem numa fase muito boa também, mas sabemos que todos os confrontos seriam duros. É uma pena que não tivemos a sorte de jogar em casa, mas vamos com força e confiança enfrentar a Bélgica”, afirmou o capitão brasileiro João Zwetsch após o sorteio.

O embate entre os países acontece entre os dias 16 e 18 de setembro e terá duas vantagens para os europeus, que jogarão em casa e poderão escolher o piso. No último fim de semana, o duelo contra o Equador pelo Zonal Americano, o país jogou em Belo Horizonte em quadra rápida.

Brasil e Bélgica já se enfrentaram duas vezes pela competição, ambas em Bruxelas, na Bélgica, com vitórias dos anfitriões por 3 a 2 em 1960 e por 3 a 1 em 1993, quando o confronto deveria ter sido disputado no Brasil, mas o país perdeu o direito de mando em uma punição da Federação Internacional de Tênis (ITF) devido a problemas na organização dos confrontos sediados no país contra Itália e Alemanha, em 1992.

Parada dura para o Brasil nos playoffs que definirão o Grupo Mundial da Copa Davis para 2017: a atual vice-campeã Bélgica pela frente.

Parada dura pro Brasil nos playoffs que definirão o Grupo Mundial da Copa Davis 2017: atual vice-campeã Bélgica pela frente

A equipe belga obteve sua melhor campanha na Copa Davis em 2015, quando ficou com o vice-campeonato ao ser superada pela Grã-Bretanha. Em março deste ano, a Bélgica foi derrotada pela Croácia na primeira rodada do Grupo Mundial, em Liege, território belga. Na ocasião, o time comandado pelo capitão Johan Van Merck contou com os tenistas David Goffin, Kimmer Copejais, Ruben Bemelmans e Arthur de Greef.

David Goffin tem sido o principal nome belga na Copa Davis. Ele é o atual número 11 do mundo em simples, sendo o único top 100 do tênis belga na ATP. Além dele e dos três que estiveram no último confronto com a Croácia, a Bélgica pode contar com o experiente Steve Darcis, que já foi 44º e atualmente é o 125º do mundo.

Os países que vencerem os playoffs estarão classificados para a disputa do Grupo Mundial em 2017, enquanto os derrotados voltarão aos respectivos zonais regionais no próximo ano.

Nas semifinais de Davis, a Grã-Bretanha receberá a Argentina, enquanto a Croácia enfrentará a França em casa. Os confrontos que definirão os finalistas da temporada serão realizados nas mesmas datas dos playoffs.

Confira todos os confrontos dos playoffs:

Uzbequistão x Suíça

Bélgica x Brasil

Austrália x Eslováquia

Canadá x Chile

Rússia x Cazaquistão

Índia x Espanha

Alemanha x Polônia

Japão x Ucrânia

Publicidade