Brasil perde final da Fed e está fora da repescagem

Início    /    Tênis    /    Brasil perde final da Fed e está fora da repescagem
Por Raphael Favilla  •  11 de Fevereiro de 2018

As brasileiras chegaram perto, mas não resistiram e caíram diante das paraguaias, que jogavam em casa na final do Zonal Americano da Fed Cup. Por 2 jogos a 0, Montserrat González e Veronica Cepede Royg derrotaram Nathaly Kurada e Beatriz Haddad Maia, respectivamente. Atuais 19ª colocadas do ranking, as tenistas do Paraguai disputarão a repescagem para o grupo Mundial.

Bia teve três match-points mas não conseguiu dar o segundo ponto para o Brasil nos jogos de simples que decidiram o Zonal Americano para o playoff da segunda divisão da Fed Cup. Após 3h30 de batalha e de longa espera devido ao mau tempo, a número 1 do Brasil caiu diante da paraguaia Veronica Cepede, com parciais de 6/7 (2-7), 7/5 e 7/6 (11-9).

A rodada decisiva deste sábado foi marcada pela chuva. No primeiro jogo de simples da final do Zonal, Montserrat González passou sem dificuldades pela paulista Nathaly Kurata em sets diretos, com placar final de 6/1 e 6/3. Bia então foi para a quadra tentar o empate e o mau tempo forçou a parada ainda no sétimo game do primeiro set.

A canhota paulista vencia por 4/3 e sem quebra de vantagem. Na retomada, as sacadoras mantiveram serviço até o tiebreak totalmente dominado por Bia. A experiente Cepede abriu 4/2 no segundo set, Bia reagiu e empatou duas vezes mas acabou perdendo o saque no 12º game.

A parcial decisiva foi uma gangorra. A brasileira abriu 2/0, mas a adversária empatou no sexto game. Bia voltou a quebrar e novamente não sustentou a vantagem. No novo tiebreak, a paraguaia abriu 5-2 e teve três match-points sem sucesso. Bia virou então para 7-6 e teve suas três oportunidades de encerrar o jogo, duas delas com serviço a favor. Por fim, perdeu quatro pontos seguidos.

A última vez que o Brasil foi ao playoff aconteceu em 2014, quando encarou a Suíça dentro de casa, no saibro de Catanduva, perdendo para o time de Belinda Bencic e Timea Bacsinszky por 4 a 1.

Publicidade