Campeã mundial de Frescobol disputa 2ª Copa Rio de Beach Tennis

Início    /    Outras Raquetes    /    Campeã mundial de Frescobol disputa 2ª Copa Rio de Beach Tennis
Por Raphael Favilla  •  29 de Abril de 2018

Foram definidas as primeiras rodadas das categorias amadoras na 2ª Copa Rio de Beach Tennis, evento que vai até segunda-feira na orla de Piratininga, em Niterói. A competição distribui um total de R$ 60 mil, quase o dobro da primeira edição de 2017 que distribuiu R$ 35 mil, e tem 350 atletas de 16 estados do Brasil e mais países como Alemanha e Argentina.

Só para os amadores são R$ 30 mil, sendo R$ 26 mil para as Duplas Masculinas e Femininas A (Avançado), B (Intermediário) e C (Iniciante).

A carioca Camila Sayure disputa a principal categoria entre os amadores ao lado de Carolina Vital . Ela tem o DNA de campeã mundial. Conquistou o feito em 2015 no Mundial de Frescobol no México contra 13 países, seu principal esporte, ao lado de Silvia Oliveira e foi vice-campeã ano passado no Mundial disputado em Macaé (RJ). Em 2019 o objetivo é recuperar o caneco no torneio que deve ser jogado na Grécia.

"A Copa Rio Beach Tennis foi um torneio grandioso, esse ano não poderia ser diferente, é um prazer estar aqui competindo, atletas de vários estados. Este ano no Circuito do Rio de Janeiro da ABTERJ estou competindo bastante com frequencia, eu adoro", disse a jogadora que cada vez mais disputa eventos de Beach Tennis, esporte que vem ajudando em sua carreira no Frescobol.

"Eu tento conciliar o máximo, o meu esporte de origem é o frescobol, mas não consigo viver dele, sou administradora, e sempre quando tenho possibilidade de jogar Beach Tennis eu jogo, pra minha sorte as principais competições como esta tem data diferente das principais do Frescobol. Beach Tennis me ajuda muito no frescobol e tento sempre a evolução, ajuda bastante na mobilidade para o Frescobol", disse a jogadora que treina Beach Tennis pelo menos duas vezes na semana conciliando com seu principal esporte e sua profissão remunerada.

(Foto: Gustavo Werneck)

Camila, que também trabalha junto ao frescobol japonês, destaca a mudança positiva que o Frescobol vem ganhando com a adesão do Radar Tecnológico que mede a velocidade dos golpes e dá bonificação para as duplas. Ao contrário do Beach Tennis onde o objetivo é ganhar o ponto do adversário botando a bola na areia ou fazendo os rivais errarem, no frescobol o quanto mais rápido e constante a dupla rebater as bolas, maior será a pontuação.

"Fui campeã mundial em 2015 no México, foram 13 países, parceira Silvia, delegação brasileira foi grande, daí por diante comecei a fazer trabalho com japoneses. O Radar Tecnológico está ajudando a atrair mais patrocinadores e popularizar o esporte ganhando mais público, trazendo mais adeptos. O Radar mede a velocidade e bolas em sequência, o atleta precisa ficar acima dos 51km/h é computado um ataque e gera bonificação, objetivo é não deixar a bolar cair e ter um equilíbrio, com essa regra está bem objetivo", disse.

Ao fim do dia, Sayure e sua parceira acabaram eliminadas por Cristiane Felizola e Silvia Oliveira por 6/4 nas quartas de final após passarem pela fase de grupos no início do dia e da tarde. Felizola e Oliveira enfrentam na semi Magui Vilela e Vivian Oliveira.

O domingo define os campeões entre os amadores e a segunda-feira traz os profissionais para a disputa intensa ao longo de todo o dia. Tanto no domingo quando na segunda os jogos largam a partir das 9h.

Na dupla masculina A os primeiros na semi são Wesley Fernandes e Gabriel Silva. Na dupla B feminina, Kelly Cerqueira e Cecília Moço enfrentam Anna Carolina Graczyk e Clarice Menezes enquanto que Angela Sousa e Patrícia Pereira enfrentam Carolina Querino e Mária Amélia Simão. Entre os homens na categoria B semifinais para Edson Casagrande Jr. e João Gabriel Kozak contra Jair Assunção e João Felipe Poli. A outra semi será entre Thiago Fernandes e Kadu Rodrigues contra Nicolas simioni e Glauco Sousa.

Na Dupla Feminina C, Maria Claúdia Kuerten e Julia Lamego jogam uma semifinal contra Nargela Santos e Vanessa Silveira e a outra semi será entre Paula Barbosa e Virginia Ventura contra Priscilla Pena e Graziela Carmezini. Entre os homens os semifinalistas da iniciante serão Gabriel Correa e Luiz Felipe Silva contra Cassio Filizola e Alexandre Land. A outra semi é entre Gabriel Matos e Lucas Pinho contra Marcelo Klimkievicz e Klauss Nogueira.

Publicidade