Davis: nas duplas, Croácia supera Argentina e fica a uma vitória do bi

Início    /    Tênis    /    Davis: nas duplas, Croácia supera Argentina e fica a uma vitória do bi
Por Raphael Favilla  •  26 de Novembro de 2016

Falta uma vitória para a Croácia celebrar o bicampeonato da Copa Davis. Neste sábado, na Arena Zagreb, Ivan Dodig e Marin Cilic venceram Juan Martin Del Potro e Leonardo Mayer por 3 a 0, parciais de 7/6 (7-2), 7/6 (7-4) e 6/3. Com a vitória no jogo de duplas, os croatas abriram 2 a 1 no confronto, calaram a sempre ruidosa torcida hermana - Maradona incluso - e fizeram a festa da torcida local.

Cilic e Dodig já haviam superado os irmãos Bob e Mike Bryan nos Estados Unidos pelas quartas de final, quando a Croácia havia perdido os dois jogos da sexta-feira. Já nas semifinais, eles superaram a forte dupla francesa de Nicolas Mahut e Pierre Hugues Herbert, então líderes no ranking da temporada.

Com a possibilidade de definir o confronto, Cilic entra em quadra às 11h (de Brasília) deste domingo contra Juan Martín Del Potro. O retrospecto é favorável ao sul-americano, que lidera por 8 a 2, mas o número 6 do mundo se ampara em seu bom histórico de simples na Davis, com 22 vitórias e apenas nove derrotas. Mesmo com mais de seis horas de tempo acumulado em quadra, o croata minimiza o desgaste para o duelo contra o argentino.

"Acho que nós dois estamos em situações parecidas. Temos quase o mesmo tempo de quadra e todas as nossas partidas foram equilibradas e interessantes. Acho que amanhã será parecido e espero dar um novo ponto para a Croácia", afirmou Cilic.

A Croácia está em busca do segundo título na Davis, sendo que o primeiro aconteceu em 2005 diante da Eslováquia. Já a Argentina é a nação que mais vezes chegou à final sem ter conquistado o título ainda. Os sul-americanos ficaram com o vice nas quatro vezes anteriores em que decidiram a Copa Davis.

Publicidade