Dia ruim em Melbourne

Início    /       /    Dia ruim em Melbourne
Por Raphael Favilla  •  09 de Janeiro de 2019

O tênis brasileiro amargou duas derrotas nesta quarta-feira em Melbourne. Depois de começar o ano conquistando o título do challenger de Playford, no piso duro australiano, Rogério Dutra Silva não manteve o embalo e foi eliminado ainda na primeira rodada do qualificatório do Australian Open. Depois foi a vez de Bellucci dar adeus ao torneio.

Rogério Dutra Silva caiu diante do britânico de 28 anos e 190º do ranking Daniel Evans, que marcou as parciais de 6/2 e 6/3 em apenas 57 minutos de partida. Já Bellucci sofreu uma derrota de virada, caindo diante do tcheco Lukas Rosol com parciais de 2/6, 6/3 e 6/4.

Rogerinho começou a semana como número 134 do ranking, saltando 25 posições após as cinco vitórias e os 90 pontos conquistados na semana anterior. O experiente paulista de 34 anos tinha apenas dez pontos a defender no Australian Open, já que havia sido eliminado por Nick Kyrgios na estreia da chave principal no ano passado.

Durante a rápida partida disputada na noite de terça (pelo horário brasileiro, manhã de quarta-feira na Austrália), Rogerinho sequer teve break points contra Evans. Por outro lado, o brtiânico criou quatro oportunidades de quebra e aproveitou três dessas chances. Além disso, Evans colocou 83% de primeiros serviços em quadra e cedeu apenas 11 pontos nos games de saque.

Atual 226 do mundo, Bellucci mostrou firmeza no primeiro set da partida, aproveitou dois dos três break-points que teve a seu favor e salvou os dois que enfrentou contra. Contudo, ele não manteve o ritmo até o fim e permitiu a reação do cabeça de chave 31 e atual 144 do mundo.

Rosol equilibrou o jogo e levou as duas parciais seguintes no detalhe. Na segunda, ele tratou de frear o embalo do paulista ao anotar uma quebra logo no segundo game, abrindo 3/0 de cara. Depois disso, bastou ao tcheco administrar a vantagem até o fim, perdendo ainda um break no sexto game.

O começo do terceiro set foi decisivo para o resultado final da partida. O canhoto de Tietê perdeu o saque logo no game inicial, teve três chances de devolver a quebra no segundo e mais duas no quarto, não concretizando uma delas sequer. O brasileiro não teve outras chances no restante da disputa e acabou mesmo amargando a eliminação.

Embora tenha saído de quadra derrotado, o paulista obteve números melhores que o adversário. Bellucci colocou mais primeiras bolas em quadra (71% a 66%), conquistou mais winners (28 a 25), cometeu menos erros não forçados (1 a 4) e ainda faturou um ponto a mais no geral (86 a 85). Ele também teve 100% de aproveitamento junto à rede, faturando os seis pontos em que subiu.

Agora, o único representante entre os homens ainda vivo no classificatório para o primeiro Grand Slam da temporada é o cearense Thiago Monteiro, já que também foram derrotados o gaúcho Ghuilherme Clezar e o paulista Rogério Silva. Entre as mulheres, a paulista Beatriz Haddas Maia também continua na disputa.

Publicidade