França na frente

Início    /    Tênis    /    França na frente
Por Raphael Favilla  •  25 de Novembro de 2017

No segundo dia da final da Copa Davis neste sábado, franceses e belgas lotaram o estádio Pierre Mauroy, do time de futebol do Lille, para torcerem por suas duplas. Os atletas da casa Richard Gasquet e Pierre Hugues Herbert enfrentaram Ruben Bemelmans e Joris de Loore com a missão de desempatar o confronto entre as seleções. Depois de sair atrás no primeiro dia, com a derrota de Lucas Pouille para David Goffin, e conseguir o empate com a vitória de Jo-Wilfried Tsonga, a equipe francesa enfim está na frente nesta final da Copa Davis. Vitória por 3 sets a 1, com parciais de 6/1, 3/6, 7/6 (7-2) e 6/4, em pouco mais de 3h de partida.

Dois jogos de simples fecham a decisão da competição neste domingo. Jo-Wilfried Tsonga garante a taça para os franceses se derrotar David Goffin, a partir das 10h30 de Brasília. Em caso de vitória belga, Lucas Pouille e Steve Darcis brigarão pelo título.

A França tenta seu décimo título da Copa Davis. O país conquistou seis taças seguidas, de 1927 a 1932, e voltou a vencer em 1991, 1996 e 2001. Já a Bélgica nunca foi campeã do torneio. Foi duas vezes vice-campeã: 1904 e 2015.

Jogo

No primeiro set, a postura rápida de Gasquet/Herbert fez grande diferença, quebraram o serviço da Bélgica, aproveitando muitos erros de devoluções. França abriu a pontuação com muitas quebras de saque. Bemelmans/de Loore em sexto game com disputa de vantagens acirrada, começou a entender o jogo dos franceses mas perderam o set por 6-1.

Os bélgas terminaram o primeiro set entendo um pouco mais sobre as jogadas de Gasquet/Herbert, as devoluções melhoraram então os games ficaram mais disputados e venceram o set por 6-3. Gasquet que joga pela 19º vez em Davis Cup, tem esquerda fundamental para tentar responder Bemelmans/de Loore, mas não foi o suficiente.

Bemelmans/de Loore na hora dos saques dos seus adversários, preferiram ficar mais afastados da rede e acabaram perdendo vários pontos importantes, mas logo perceberam seus erros e retomaram o foco e a confiança. Gasquet/Herbert que no segundo set acabou em situação complicada, volta com boas jogadas, a torcida foi loucura com o francês Gasquet quebrando os bélgas. Em tiebreak França dispara na frente e vence o set 7-1.

O quarto set vencido pela França, incrivelmente acirrado, com games empatados na maioria do tempo do set, os franceses logo de início, lá no primeiro set tiveram facilidade, porém a Bélgica mostrou eficiência nas jogadas e respondeu prontamente complicando o jogo de Gasquet/Herbert. As duas equipes mantiveram o nível alto, assim como no terceiro set.

Publicidade