Rumo ao Japão

Início    /    Tênis    /    Rumo ao Japão
Por Raphael Favilla  •  11 de Abril de 2017

Com a vitória sobre o Equador no último fim de semana pelo Zonal Americano, o Brasil conheceu nesta terça-feira seu adversário na repescagem da Copa Davis. Para retornar à elite da competição em 2018, o time brasileiro vai ter de superar o Japão. O duelo acontece entre os dias 15 e 17 de setembro, fora de casa.

O regulamento da Davis determina que o país-sede de um confronto será sempre aquele que foi visitante no duelo anterior, retroagindo até 1972. Se o duelo for mais antigo ou se nunca aconteceu, um sorteio define o mando.

Desta forma, o Brasil jogaria em casa se o sorteio determinasse Argentina, Suíça, República Tcheca ou Alemanha como oponente da equipe verde-amarela. Porém, enfrentaremos os japoneses.

Como Brasil e Japão nunca se enfrentaram na competição, um novo sorteio definiu o anfitrião do duelo, e os nipônicos levaram a melhor. E também perdemos a oportunidade de escolher o piso do confronto, provavelmente um saibro lento logo após o US Open.

Jogando em casa, os adversários devem contar com força máxima: o  número 7 do mundo, Kei Nishikori é o homem a ser batudo. Mas o Japão deve ter o desfalque de Yoshihito Nishioka (63º do ranking), que passou por uma cirurgia. Yuichi Sugita (93º) e Taro Daniel (96º) são opções para a equipe nipônica.

O capitão brasileiro João Zwetsch hoje conta com três tenistas no top 100 de simples: Thomaz Bellucci (65º do ranking), Rogério Dutra Silva (69º) e Thiago Monteiro (81º). Nas duplas, Marcelo Melo e Bruno Soares se mantém no top 10.

Confira todos os confrontos da repescagem da Davis:

Cazaquistão x Argentina

Colômbia x Croácia

Suíça x Belarus

Holanda x Rep. Tcheca

Portugal x Alemanha

Japão x Brasil

Hungria x Rússia

Canadá x Índia

Publicidade