Wild derrota Garin e está na semifinal em Santiago

Início    /    ATP    /    Wild derrota Garin e está na semifinal em Santiago
Por Nittenis News  •  29 de Fevereiro de 2020
Thiago Wild quebrou a sequência de dez vitórias e dois títulos consecutivos do chileno Cristian Garín, 18º do mundo, conquistou sua maior vitória na carreira e garantiu vaga inédita na semifinal de um torneio ATP na noite desta sexta-feira no ATP 250 de Santiago, no Chile, evento que encerra a gira sul-americana no saibro. 

Wild, 182 do mundo, derrotou o tenista da casa, principal favorito e que vinha de títulos no Rio Open e em Córdoba, na Argentina, por 7/6 (7/1) e desistência. Ele salvou seis set-points quando tinha 6/5 abaixo com Garín servindo para a parcial.

 "Creio que até o final da partida nós dois jogamos um bom nível de tênis. Nunca é o que se espera em um jogo de tênis, o que se espera é que os jogadores lutem até o final, mas se ele não podia, não podia, a saúde vem em primeiro lugar", disse Thiago que deu mais detalhes sobre a partida.

"Garín é um jogador que tem um bom físico, boa direita, saca muito bem, corre muito, as condições aqui gosto muito, consegui aproveitar muito do seu backhand com minha direita para lhe fazer correr. Nos set-points contra tentei focar no que estava fazendo bem e em não errar".

Na quinta-feira o brasileiro já havia obtido sua maior vitória tirando o quinto favorito, o argentino Juan Londero, 63º colocado, e nesta sexta superou a marca superando um top 20 pela primeira vez na carreira.

Neste sábado, em torno das 18h30, horário de Brasília, ele encara o argentino Renzo Olivo, 297º colocado e que superou o sexto favorito, o boliviano Hugo Dellien após batalha de 2h50min com 3/6 7/6 (7/5) 7/5. Olivo já esteve entre os 80 melhores do mundo.

 "O torneio ainda não terminou, tenho que focar na minha próxima partida. Estou contente com meu resultado e meu desempenho no torneio", seguiu Wild.

Caso vença neste sábado, Thiago será o primeiro brasileiro em uma final de ATP desde Thomaz Bellucci em abril de 2017 em Houston, nos EUA. Bellucci também foi o último campeão em 2015 em Genebra, na Suíça. O último semifinalista foi Thiago Monteiro em fevereiro de 2018 em Quito, no Equador.

Fonte  Gallas Press
Foto de Wild por Jim Rydell


Publicidade